Tubarão - Clemente de Souza - 77 anos

Exemplo de vida

Vitalidade e disposição de dar inveja em muita gente são as motivações que fazem de Clemente de Souza um exemplo de atleta e de vida. Aos 77 anos de idade ele é assíduo participante das Corridas do Circuito Unimed e coleciona vitórias em muitas outras provas no estado e no país. Sua última vitória foi em junho de 2018, quando conquistou a Meia Maratona de Tubarão, mesmo saindo de um problema no joelho, mostrando que a superação está na vontade de vencer. Com o tempo de 1h49min, num percurso de 21 quilômetros, na categoria acima de 75 anos, ele bateu mais um recorde sul-americano e um novo título foi ocupar a imensa galeria de troféus, medalhas, menções, diplomas e recortes de jornais espalhados pelas paredes e estantes em sua casa, no bairro Monte Castelo, em Tubarão.

A conquista vem com alegria e satisfação. Parado há três anos por causa da artrose no joelho direito, teve que se submeter a uma cirurgia para tentar ter a chance de voltar a competir. Os cuidados ficaram a cargo do ortopedista Vilmar Loch, que ele chama de “anjo da guarda” ou “personal médico”. O tratamento teve a indicação de medicamentos, fisioterapia, repouso e uma alimentação mais saudável. Depois de tudo, vieram os trabalhos de recuperação com o fortalecimento muscular e as primeiras saídas de treinos nas ruas, com percursos que foram aumentando gradativamente até chegar aos 30 quilômetros semanais.

Aposentado desde 1991, Clemente iniciou sua vida de atleta aos 28 anos de idade, na bicicleta. Como ciclista, participou de mais de 100 competições, vencendo cerca de 40 provas. Lendo livros sobre a história das olímpiadas, veio a guinada como atleta. Largou a bicicleta e, aos 32 anos, passou a praticar as corridas de rua. Hoje, entre suas inúmeras premiações, destaca-se a prova de São Silvestre, em 2000, quando venceu na categoria acima de 60 anos, com o recorde de 15 quilômetros no tempo de 1h31s, além da conquista do Sul-brasileiro e do Brasileiro.  

Com toda essa experiência, ele dá dicas especiais para quem está começando a correr: “Após ser aprovado numa avaliação médica, deve-se começar a praticar a corrida em percursos de até 500 metros, nos três primeiros meses, para depois ir aumentando gradativamente. É preciso determinação, mas nunca se deve ultrapassar o limite do que o corpo exige”.